Arquivos de sites

Uísque da Escócia é eleito o “melhor do mundo”

Foto: BBC Brasil

O single malt (puro malte, destilado em apenas uma destilaria) Old Pulteney, de 21 anos, conseguiu 97,5 pontos em uma escala que vai até cem na Jim Murray’s 2012 Whisky Bible.

Jim Murray, o especialista em uísque, provou mais de 1,2 mil amostras de bebidas antes de escolher o uísque vencedor.

“O Old Pulteney de 21 anos explode no copo com vitalidade, carisma e classe”, afirmou Murray.

“(A destilaria) Pulteney não tem a força financeira dos maiores barões do uísque para fazer propaganda de seus maltes no palco global. Espero que este prêmio ajude uma das grandes (porém) desconhecidas destilarias da Escócia a ser descoberta no mundo todo”, acrescentou.

O Old Pulteney é envelhecido em barris de carvalho americano e engarrafado na destilaria Pulteney, em Wick, uma pequena cidade pesqueira no extremo norte da Escócia.

“Estamos muito satisfeitos com este prêmio. É uma homenagem à arte tradicional que temos aperfeiçoado através dos séculos e também ao caráter único que a cidade dá ao nosso uísque”, disse um porta-voz da destilaria Pulteney.

A destilaria Pulteney tem uma história atribulada. Uma votação na região de Wick proibiu a venda de bebidas alcoólicas em 1922, uma proibição que duraria 25 anos.

Com a queda na demanda por uísque, a destilaria fechou em 1930, mas reabriu em 1951, depois que a proibição foi derrubada em uma nova votação.

Fonte: iG

Anúncios

Geração Pinga com Limão

Esses dias estava conversando em um churrasco com uma galera sobre os primeiros porres que tivemos. As histórias eram nojentas de fato, mas o que mais me impressionou foram as idades de cada porre. Realmente, se pararmos para pensar, começamos a beber muito cedo. Tirando um carinha de Minas (mineiro come quieto e bebe muito) que teve seu primeiro porre com 9 anos (o.O), portanto era uma exceção (a mãe dele dava pinga para ele parar de chorar… certeza), todo mundo daquele churrasco teve seu primeiro porre entre os 12 e 14 anos.

 

Eu, depois desse dia, pensei realmente em entrar para o A.A. (ou ligar para o CVV), mas vi que era… normal. Vejo meus priminhos, aquelas crianças lindas e choronas que eu mandava comprar coisas para mim, com seus uniformes da escola contando sobre as baladinhas e dos porres dos amiguinhos. Isso me assusta. Muito. Deve ter sido essa a sensação que a minha mãe teve quando Priscillinha, filha única, chegou, com 15 anos, caindo na porta de casa, cheirando a pinga!

 

Mas tudo bem, já passou. Não virei alcoólatra [o.O (adorei esse o.O, perceberam?)], sou uma pessoa aparentemente normal, mas penso se isso aconteceu com todo mundo. Da galerinha dos primeiros porres, dois foram para rehab (I said no, no, no), mas por outros problemas que tiveram junto com a bebida. Metade ainda bebe (e muito) e uma delas até escreve sobre as bebedeiras.

 

Penso que existem idades de beber: nessa fase, acho que é para sentir-se adulto, tomando qualquer porcaria só para ficar bêbado (coca com pinga, batida de sorvete com bolacha). Depois vamos para os drinks, os vinhos, as cervejas, os whiskeys, mas sempre vamos estar bebendo. Fico pensando se é um vicio ou uma característica de nossa geração.

 

Não tivemos movimentos sociais importantes, não tivemos nenhum movimento de contracultura significativo… bem, não tivemos porra nenhuma. Na real, não brigamos por nada, não queremos nada, não somo símbolos de nada. Ouvimos histórias sobre como os anos 60 eram legais, músicas dos anos 80 porque, infelizmente, o que temos de nossa geração?

 

Acho que por isso bebemos: bebemos para rir , para esquecer, para viver nessa geração sem sal sem açúcar, que não fode nem sai de cima. Bebemos cedo, de tarde, de noite porque foi isso que nos sobrou… Mas estamos nos divertindo. Ah se estamos!

 

Ok, divaguei. Seguimos agora com nossa programação normal…

 

ADENDO, by Luis:

 

Depois de divagar um pouco com a Pri, vamos ver a troca de e-mails entre Pri e Rafa, enquanto eu estava em Santos colhendo dados para o TCC:

 

Rafael

Esqueci de falar … primeiro porre aos 11 anos no natal. Foi num ape na conselheiro rodrigues alves, do lado da casa do Luis. hahahahahahahahhaa

Enfim, nunca deixe um vinho na mesa com um pré-adolescente revoltado (não posso falar pequeno, pq isso faz mto tempo q não sou) e futuro ex-alcoolatra.

 

Pri

Olha, ser precoce é foda…

14 anos, festa no prédio:

falei que amava todo mundo e sai correndo para vomitar…

melhor festa e-ver

 

THANK YOU AND GOOD NIGHT!

Dr. Pepper is back, baby!

Galera, quem costuma entrar em alguns blogs que recomendamos, percebeu que o blog do Dr. Pepper estava desativado. Mas caaaalma! Já está de volta! E hoje, dando uma fuçada, achei essa tirinha que tem tudo a ver com o nosso blog:

Ok, coloquei a tirinha pra segurar a audiência enquanto eu faço o artigo sobre o bar que fomos na sexta! =D

%d bloggers like this: