Arquivos de sites

A conta de R$ 73.000,00

Lembram da ação “Drunk Vallet“, do Bar Aurora & Boteco Ferraz? Pois bem, ainda na onda do “chocar o público”, eles fizeram outra ação tão impactante quanto.

Infelizmente as pessoas só se dão conta de algumas coisas quando são atingidas em uma parte muito delicada: no bolso. Ninguém quer que batam seu precioso carro – mas não tá nem aí em dirigir o próprio carro sob efeito de álcool e causar um acidente (às vezes fatal) – , e nem pagar caro na conta do bar.

Por isso, a Ogilvy resolveu fazer mais uma ação MUITO boa, que irritou muita gente, mas passou o recado e recebeu muitos elogios. Dá só uma olhada:

Então, se você for pro HH da empresa hoje – ou em qualquer outro dia – tome cuidado. Você pode rachar o taxi, escolher o motorista da rodada, voltar a pé, tentar a sorte no transporte público, ou até mesmo apelar para a carona dos pais.

Só não faça cagada e não espere perder um amigo para mudar a sua atitude.

Disque gelada: a salvação do seu esquenta

Sabe aquele papo de “ah, passa lá em casa depois” que perde o controle e, quando você percebe, o bate-papo entre amigos virou um esquenta, que virou a própria balada? Ou então você realmente chamou a galera para um esquenta e a bebida acabou. O QUE FAZER? QUEM CHAMAR? Disque gelada! Uma empresa que tem como missão prover cerveja gelada a todos que dela quiserem fazer uso”.

Eles entregam na hora e lugar que você quiser (contanto que seja em São Paulo capital e dentro da área de entrega :P), mas não entregam apenas bebidas. O cardápio é bem completo e é dividido em: Geladas (cervejas e cervejas Premium), Destilados (vodkas, whiskies, cachaças, tequilas), Fermentados (vinhos), Não alcoólicos (água, energéticos, refrigerantes, sucos), Para forrar a barriga (chocolates, chicletes, balas, salgadinhos) e Conveniência (carvão, gelo, cigarros, baralho). Além de opções de combo, como o Liga da Justiça (Smirnoff 1l + 6 Energéticos TNT 269ml + saco de gelo de 2kg) ou então o Capitão América (2 packs de Budweiser 330ml com 6 unidades cada + 1 batata Pringles Original 139g).

Os pedidos podem ser feitos tanto por telefone quanto pelo próprio site. Se você fizer por telefone, pode ligar do seu celular e ainda não pagar por isso, já que eles possuem chips de todas as operadoras e algumas operadoras possuem planos ou promoções pra falar de graça.

Agora você não tem mais desculpa para não fazer nada em uma sexta ou sábado (ou domingo, ou segunda, ou terça…) a noite. Se quiser fazer um programinha mais sossegado ou estiver com preguiça de sair de casa, já sabe quem chamar.

Dica da Bruna.

O mundo na visão de um bêbado

SEMPRE ASSIM!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Vi no Cogumelo Louco.

Taste it: Boteco

Pouco antes do feriado de Corpus Christi, fui convidado para participar de um programa de tv da Glitz chamado “Taste it”, o novo programa de gastronomia do canal que teve sua estréia dia 5 de julho.

Eu nunca havia participado de nada parecido e, apesar de ficar um pouco com o pé atrás, acabei aceitando.

Mas ter aceito foi o de menos. O problema é que, para gravar, foi necessário agendar com os donos dos estabelecimentos e acabamos gravando domingo, na volta do feriado. Como eu gosto de aproveitar meus feriados ao máximo, acabei chegando em cima da hora e to com essa cara de bunda:

(17min05s: caguei de rir quando li meu nome hahahahahahahaha)

Rafael, você é o próximo.

Cerveja Artesal – Você produz?

Eu acabei de perceber que vários amigos estão envolvidos na fabricação de cervejas artesanais. Eles estão fazendo cursos e houve até quem deixou uma posição bacana em um banco, voltou para o interior para fabricar cervejas e ensinar a galera em várias cidades.

Como sou ligado ao mundo da cevada, não sei se é uma característica do meu “mundinho”. De qualquer maneira, recentemente a grande imprensa andou publicando várias matérias. O iG publicou essa no ano passado, está bem completa e tem até um infográfico. Aproveito pra separar uma parte bem importante: uma receita básica da cerveja caseira

Fonte: Jaime Pereira Filho. Fone: (11) 2597-7231

Ingredientes
– 35 litros de água mineral de boa procedência
– 6 quilos de malte claro e escuro
– 20 gramas de lúpulo
– 11,5 gramas de fermento

Eu não tenho muita paciência para esperar mais de um mês de preparo, prefiro a já pronta

Mas e vocês, conhecem muitas pessoas que estão produzindo suas próprias brejas?

Bar do Zezé: Sonho Meu

Eu sei que o blog é mais focado em bares e botecos de São Paulo, mas saiu a receita campeã do Comida di Buteco, concurso que acontece todo ano em Belo Horizonte, e eu não poderia deixar de publicar!

A receita campeã é a Sonho Meu, um prato com músculo cozido acompanhao de feijão andu, calabreza, bacon, e mandioca amarela com manteiga de garrafa. Com o título, o Bar do Zezé é tricampeão. Parabéns!

Vamos à receita:

Foto: Beto Eterovick

Ingredientes:
– 1 Kg Músculo
– 500g Feijão Andu
– 1 Tomate médio sem sementes e em cubos
– 1 Cebola média cortada em cubos
– 200g Lingüiça calabresa em rodelas
– 200g Bacon
– 1 colher (sopa) alho e sal
– 1 colher (sopa) Colorau
– Óleo
– 1 Kg Mandioca amarela
– 1 colher (sopa) Manteiga de garrafa
– 1 colher (café) sal
– Pimentões verde, vermelho e amarelo picados em tiras
– Cheiro verde e pimenta biquinho a gosto
– 2 colheres de maionese

Modo de fazer:
Corte a carne em cubos e tempere com alho e sal. Refogue a carne com um fio de óleo e o colorau e cozinhe na pressão por 20 minutos.

Cozinhar o feijão andu com a linguiça calabresa em rodelas de 15 a 20 minutos; depois de cozido escorra o caldo e reserve.

Frite o bacon, a cebola, acrescente o tomate em cubos, os pimentões e em seguida o feijão com a linguiça calabresa; depois de refogados junte-os à carne já cozida.

Mandioca
Cozinhe a mandioca com 1 colher (café) de sal até quase desmanchar; acrescente a manteiga de garrafa e a maionese.

Monte o prato e enfeite com cheiro verde e pimenta biquinho.

———————————————————————————————-

Vi essa receita no blog do Marcelo Katsuki. Agora você pode fazer em casa ou, se preferir, pode fazer uma visita ao Bar do Zezé, que fica na Rua Pinheiro Chagas, 406 – Barreiro de Baixo/MG.

Budweiser – Poolball

Se você é daqueles que gosta de um futebolzinho, mas não dispensa um bar com sinuquinha entre amigos, seus problemas acabaram!

Deem só uma olhada neste vídeo e morram, morram de vontade e inveja, porque essa ação ocorreu na Argentina:

Gostando ou não dos hermanos, eles mandaram bem, sem sombra de dúvidas!

Este vídeo foi dica do Bira, daqui da fiRma.

20 maneiras de abrir uma garrafa

Dando a olhadinha diária nos meus blog favoritos, me deparei com um vídeo muito bom. São 20 formas diferentes de abrir uma garrafa de cerveja. Digo que duvido um pouco da veracidade de alguns exemplos, como abrir com um CD, mas vale a pena tentar. Peço, apenas, que prestem atenção quando o vídeo chegar aos 3:49:

Sério, de onde surgiu aquele cara?! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Vi n’O Buteco da Net

Adeus, Schincariol?

O que eu sempre disse em roda de amigos, aparentemente, pode se tornar realidade.

A compra da Devassa pela Schincariol e a alteração na comunicação desenvolvida inicialmente pela cervejaria carioca, fizeram com que a Schincariol fosse posta à venda pela família. Deem uma lida na matéria abaixo, que saiu na Exame:

São Paulo – Conforme antecipou EXAME, a cervejaria Schincariol foi posta à venda pela família que a controla. Entre as interessadas, estariam a britânica SAB Miller, a dinamarquesa Carlsberg e a holandesa Heineken. A venda do controle da Schincariol seria a consequência de uma série de problemas que a cervejaria enfrentou nos últimos anos.

O primeiro é a perda de participação de mercado. Em 2008, por exemplo, a Schincariol possuía cerca de 13%. Desde então, a empresa encolheu, enquanto a Petrópolis se aproximou perigosamente, a ponto de ameaçar a sua vice-liderança. Na última pesquisa da Nielsen, a Schincariol possuía 10,97%, ante 10,8% da rival, segundo Lauro Jardim, colunista da Veja.

O recuo de sua fatia de mercado reflete, ainda, o fracasso de sua maior aposta – a cerveja Devassa Bem Loura, lançada com estardalhaço no Carnaval de 2010. Tendo como primeira garota-propagada a socialite Paris Hilton, o produto não teve o desempenho esperado. Segundo reportagem de EXAME, a meta era fechar 2010 com 1,5% de mercado, mas o resultado teria sido de 0,2%.

Derrapadas

O número aquém do esperado é atribuído a decisões equivocadas, como a desmobilização antecipada da equipe de 150 vendedores, montada especialmente para vender a Devassa Bem Loura. Entusiasmada pela boa recepção inicial, a Schincariol teria incorporado a marca ao portfólio de todos os vendedores – o que a diluiu em meio à oferta de outros produtos.

Em paralelo, para cortar custos, o presidente da companhia, Adriano Schincariol, iniciou uma forte reestruturação que envolveu a demissão de diretores e gerentes. Na prática, isso significou a reversão do processo de profissionalização da empresa, iniciado em 2007, logo após a morte de seu pai e fundador da cervejaria, José Nelson Schincariol.

O argumento de Adriano para as demissões é que a companhia não estava cumprindo seu objetivo básico – vender cervejas. Mas o fracasso das recentes iniciativas mostra que o problema pode ser bem maior.

E agora, o que acontece com a Devassa, uma das melhores cervejas que existe? Quem vai produzir a Loira, a Morena, a Índia e a Ruiva que, diga-se de passagem, você só encontra em alguns poucos lugares de SP? Recentemente fui ao Tortulla (em breve falarei melhor a respeito) e tive o prazer de degustar uma ruiva em ótima companhia. A ultima vez que fiz isso, foi há quase 3 anos, mas porque a Devassa ainda não havia sido comprada pela Schincariol e, também, porque eu estava no Bar Devassa.

Fica aqui a minha indignação pela, me desculpem o termo, grande cagada dos ultimos tempos. E se a idéia era ter repercussão na mídia com um anúncio da Sandy, eles conseguiram. Mas há uma grande diferença entre sair na mídia e ter buzz positivo, o que, talvez, alavancaria as vendas.

%d bloggers like this: