BarTira – Esperando muito por um chopp

O Fernando e o Carlos finalmente tiveram um tempo para contar as peripécias putanhescas do carnaval. Acabamos no BarTira que fica há um quarteirão do Esquina Paulistana e também numa esquina, no meio da ladeira do inferno e no final da Ministro de Godoi que tem os bares da PUC-SP (pessoas na rua, carros sem conseguir passar).

 

Para minha surpresa, rolou fila de espera. Precisamos aguardar 15 minutos e ficamos conversando com o segurança que nos contou que o bar foi inaugurado no dia 22 de janeiro. O Carlos estava numa situação urinária crítica, como sempre, e pediu para entrar e usar o banheiro. O segurança abriu uma porta do seu lado e deixou o meu amigo usar o sanitário que seria para ele e para o cara do vallet. Relembrei a porta dos desesperados (dêem Google + Sérgio Mallandro) pela velocidade que o Carlos entrou. Algumas pessoas poderiam se ofender por não deixar entrar no bar. Sinceramente, o segurança foi gente fina e poupou meu amigo de subir e descer dois lances de escada para ir ao banheiro.

 

Admito que não vi o local ser reformado (formaturas, carnaval, crise). Estou falando de dois pavimentos e há áreas abertas muito bem decoradas, ou seja, não foi uma reforma simples. A casa ficou animal, bem aconchegante e que destoa dos botecos universitários. Esse é pra levar a gata, a cachorra e até mesmo a patroa.

 

bartira21

 

Ao sentarmos, pedimos dois chopps claros (R$3,90) e um escuro (R$ 4,95). Conseguimos contar metade das peripécias carnavalescas, incluindo uma viagem a Ouro Preto, sem o chopp chegar. Deve ter demorado uns 20 minutos para que um garçom chegasse com uma bandeja inteiramente tomada por chopps claros que foi consumida rapidamente por todo o andar. Reparem que eu fiquei sem minha Brahma Black, pois havia um problema na bomba e só me avisaram quando trouxeram os chopps dos meus amigos. Enfim, consegui meu chopp escuro depois de quase 30 minutos. Acabamos pedindo uma linguiça (não trema na linguiça) baianinha de metro ao valor de R$ 27,90 que chegou uns 15 minutos depois do chopp escuro.  Depois da primeira mordida na carne, recorremos ao chopp, vinagrete e a farofa de tão picante que a parada era. Os olhos do Carlos chegaram a lacrimejar. Havia ainda a opção de linguiça com queijo coalho (R$29,90).

 

bartira12

 

Uma sacada muito boa é que decidiram contar a história da índia Bartira e João Ramalho (estavam entre os fundadores da vila de São Paulo de Piratininga (Botequeiros é cultura!) em várias paredes do bar. Há também a história de Cardoso de Almeida, Ministro Godói, Professor Alfonso Bovero, Claro Marcondes, Homem de Mello nos jogos americanos e cardápio. Dá até pra usar o mictório e ter um pouco de cultura.

 

Acho que a casa ainda não está totalmente operacional pela demora. Quando eles se acertarem, o lugar será muito bom para quem está na região e quer um barzinho que não seja o Geribá ou o Esquina Paulistana.

 

Onde? R. Bartira, 429 – Perdizes – São Paulo – SP

Telefone: (11) 2645-0474

Faixa de Preço: R$ 15 a R$ 40 (para esfomeados/botequeiros)

Cartões: Visa | Mastercard

Horário: De 4ª a Segunda das 11h30 à 1h

Lotação: 95 pessoas

Idade Mínima: 18

Site oficial: www.bartiragrill.com.br

doiscopos_melhor

 

Anúncios

Posted on 25/03/2009, in Birra, Choppzzz, Pra forrar o bucho, Todas and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink. 1 Comentário.

  1. é um bom bar mesmo! boa dica.
    visite o nosso blog. A gente tá com umas dicas bem legais também http://encontreiaqui.wordpress.com/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: