Coxinha de frango com catupiry: a fama do Frangó

Quem nunca foi ao Frangó ou ao menos ouviu falar a respeito? Se já foi, aposto que já comeu pelo menos uma das 1000 coxinhas de frango com catupiry consumidas diariamente no local. Se não foi, ficaadica (como diz o pessoal do Se Mata). Mas se esse friozinho em São Paulo é um obstáculo, segue abaixo a receita da consagrada coxinha de frango com catupiry de um dos bares mais famosos da cidade de São Paulo.

 

 

INGREDIENTES:

 

Massa

900 ml de água filtrada

1/4 de xícara de óleo de soja

6 cubos (cerca de 60 g) de caldo de galinha

650 g de farinha de trigo especial

 

Recheio e acabamento

900 g de peito de frango cozido e finamente picado

1 cebola pequena bem picada

1/4 de xícara de salsinha bem picada

Sal e pimenta-do-reino

900 g de requeijão cremoso (catupiry)

500 g de farinha de rosca (para empanar)

1 litro de óleo (ou mais, se necessário, para fritar)

 

MODO DE PREPARO:

 

Massa

Numa panela grande, coloque a água junto com o óleo de soja e o caldo de galinha e leve ao fogo. Assim que ferver, sem desligar o fogo, vá colocando aos poucos a farinha de trigo peneirada, continuando a mexer até que a massa se solte do fundo da panela e esteja suficientemente cozida e lisa (cerca de dez minutos). Reserve e deixe esfriar só até que seja possível pegá-la com as mãos.

 

Recheio e acabamento

Tempere o frango picado com a cebola, a salsinha, o sal e a pimenta-do-reino a gosto. Pegue pequenas porções de massa (cerca de uma colher de sopa ou 30 gramas) e abra na palma da mão. Recheie com meia colher (sobremesa) de catupiry e uma colher (sobremesa) de peito de frango temperado. Feche a massa sobre o recheio e modele-a em formato de coxinha. Tente modelar a massa fininha, sem remendos, puxando o bico da coxinha e fechando bem para que ela não abra enquanto frita. Coloque a farinha de rosca numa tigela e passe por ela as coxinhas uma a uma. Numa panela funda, coloque o óleo e aqueça. Dependendo do tamanho da panela, junte mais óleo, de modo que as coxinhas fiquem submersas. Frite-as aos poucos, até estarem crocantes e douradas. Escorra bem e coloque-as sobre papel absorvente antes de servir.

 

Dica: para obter os 900 gramas de carne já cozida e limpa, calcule cerca de três peitos médios com osso e pele. Cozinhe em água salgada até ficarem macios. Tire os ossos e a pele e pique.

 

De acordo com Cassio, um dos sócios, eles fizeram várias experiências até chegar à essa versão. E ainda revela o segredo: ao contrário da maioria das coxinhas, a do Frangó não leva ovo na hora de empanar. A massa, úmida, já adere à farinha de rosca. Com isso, o quitute fica dourado, crocante e sequinho.

 

 

Essa receita foi tirada daqui, mas se você tiver coragem de dar um pulinho na Freguesia do Ó e, de quebra, saborear – além das coxinhas – algumas das 200 cervejas servidas no local, clique aqui para saber onde fica!

Anúncios

Posted on 24/09/2008, in Pra forrar o bucho, Todas and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 11 comentários.

  1. Coxinha do Frangó é tipos TENDÊNCIA UNIVERSAL.

    Aliás, aquele entorno do Frangó tem umas coisas bem bacanas.
    Tem o a Pizzaria Bruno (que tem uma filial na Turiassu, na frente da Igreja Bola de Neve) que tem A MELHOR PIZZA FRITA DO MUUUNDO!

  2. Já fui nessa pizzaria do Bruno!
    Muito bom, também! Mas não sabia que tinha na Turiassu…
    ficaadica! hahaha

  3. mais fritura pra sujar a cozinha. É rola um trauma de limpar depois de fritar, acho q sou meio ogro. hahahaha

    Luís, vc vai falar tendencia daqui a pouco e vamos ter q começar a pagar royalties pro semata.com.br . hahahahahaha

  4. OI, tentei fazer essa receita, o sabor é muito bom, depois de frita ela fica com umas rachaduras na massa o que fiz de errado pode me ajudar.

  5. joanna paula

    una delicia maravilhosa coxinha de frango c/ catupiry com refrigerante fica uma delicia.

  6. Parece simples de fazer, essa coxinha, mas não tem a quantidade … dá quantas coxinhas + ou – ??? Valew

    • Thanks for the recs.I just went to Bar do Mineiro back in March, awesome.The carne seca, aboroba, and couve were amazing!!!! I’ll check out your blog.

  7. Muito obrigado pela receita. Vou fazê-la amanhã!
    Abraços

  8. esso n servio p nada lili
    n entendir nada.
    aprossima vez bota menos engrediente
    e mas eficiencia
    ve si fas melho o seus zé mané

  9. FENELON PEREIRA DA ROCHA

    faltou voce falar, as quantidades, depois de prontas. Ok.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: