Posted on 09/07/2008, in Caninhas, Choppzzz, Pra fazer um social, Todas and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 13 comentários.

  1. Luís, eu super solidária com seu probleminha de não ter receita de tira gosto pro seu blog (rs), sugiro que você olhe as receitas do Comida di Buteco:

    http://www.comidadibuteco.com.br

    É o site do festival gastronômico daqui de BH. Eu fui na saideira esse ano, experimentei vários, e tem muitos realmente bons. Também tenho em algum lugar um arquivo com todas as receitas dos tira gostos de outro ano. Vale a pena você procurar alguma interessante pro blog. Aliás, vale a pena vir pro Comida di Buteco, principalmente a saideira (esse ano teve Monobloco entre outros eventos, me acabei!)

    Bj!

  2. Poxa Sisa, muito obrigado pela dica!
    Eu já conhecia esse site, mas obrigado mesmo assim! hehe
    Mas notei uma coisa muito importante: pelo fato de ser um site de BH, as receitas são bem diferentes das receitas daqui…E não são muito do agrado de nós paulistanos.
    Mas tem MUITA coisa boa, isso eu não posso negar! hehe

    Beijo!

  3. Ahhh mas você tem que admitir que nossa gastronomia é a melhor do país, hhahaha…

    Pra falar a verdade já morei uns anos no interior de SP (São José dos Campos) e também não me adaptei muito aos tira gostos, rs… É mesmo interessante a questão cultural envolvida. Mas de qualquer forma o festival super vale a pena.

    Mas responde uma coisa aê: vc é o aprendiz de Cafa? A última vez que acessei esse blog tava linkado como Aprendiz de Cafa, rs…

  4. O texto contém um erro. TODOS OS MÉDICOS admitem que uma pequena quantia de álcool já diminui os reflexos e a visão lateral. Mais: dois chopes podem ser inocentes para uma determinada pessoa e absolutamente fatais para outra – por questões corporais, ou pq ñ tá acostumada a beber etc.

    Quem ñ quer pagar táxi, q beba perto de casa. Ah, e não acredito q essa pessoa more num bairro sem boteco. Existe bairro sem boteco no Brasil?

    Ou pegue carona, ônibus, metrô, divida o táxi, durma em hotel, se vire.

    O autor do texto escreveria a mesma coisa se fosse um dos milhares de tetraplégicos por acidente de trânsito?

  5. Sisa, realmente, essa questão cultural pega e muito!
    E não, não sou o aprendiz de Cafa! Sou amigo do aprendiz! Estudo na mesma sala que ele..hehe

    Beijo!

  6. Eugênia, você tem razão com relação a esses pontos que você ressaltou.
    Mas algumas coisas não estão corretas. Por exemplo, não é todo bairro que tem boteco. E se tiver, não é todo boteco que agrada à certas pessoas.
    Outra coisa, você provavelmente não é de São Paulo. Metrô e ônibus param de circular depois da 1h da manhã. E aí, volta a pé? Com essa violência toda? Não, né? Volta de taxi e fica devendo as calças pro motorista?
    A lei não é toda errada, mas eles deviam ter pensado em algumas coisas, como o transporte público ou o simples fato de ser INCONSTITUCIONAL, obrigando pessoas a criarem provas contra elas mesmas, POR EXEMPLO.
    Dá uma olhadinha nesse artigo aqui e vê o que você acha:

    http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI2992376-EI11353,00.html

    Mas obrigado pelo comentário!
    Beijo!

  7. Dirijo após uns chopps e até mesmo doses de destilados, mas redobro minha atenção ou dou um tempo e tomo uma água antes de pegar as chaves. A proibição é um fato interessante e necessário, mas precisa ser parte de um conjunto de medidas públicas extensas de média e longo prazo.

    Não há transporte público na maioria das cidades, não há segurança na maioria das cidades (sossego de interior é ilusão, em boa parte), não há verba para taxi (só rachar com vizinho é sussa, não são tds amigos que vivem na mesma região). Há o fato da inconstitucionalidade, mas isso vai demorar. Além disso tudo, a lei mancha a ficha para sempre da pessoa, ou seja, nada de ser réu primário e todos os direitos.

    Ainda há o valor da multa, que é uma das mais caras . Por que dirigir em alta velocidade ou de forma perigosa não é a mais cara? Outro aspecto que me incomoda é o fato de que na cidade de São Paulo, havia apenas 15 bafometros. Após uma semana de implementação da lei, compraram mais 40. Até então, o comando da Polícia afirmava que 15 eram suficientes.

    Será que não nos deparamos com uma máfia de multas justificadas? Para aqueles que tiverem o carro apreendido, há ainda o valor do pátio que deve ser pago para retirar o veículo. Não falo que quem bebe e dirige está certo, mas da aplicação do código e de como isso beneficia financeiramente o governo.

    Há também o fato de que é mais uma forma de corromper a polícia, pois há tantas implicações financeiras e jurídicas que a propina rola solta. Um amigo deixou R$ 450,00 na mão de um guarda que o parou depois de 4 chopps na primeira semana. Difícil dizer quem está certo, mas 4 chopps é mta pouca coisa pra ter sua ficha suja e as demais dores de cabeça. Para aqueles que pagam taxi e podem gastar altos valores nos bares (menos que R$20 em sampa é impossível), não acho que o valor financeiro da multa seja um grande problema

    Esse ano também é eleitoral, pergunto se o autor (n quis me dar ao trabalho de dar um google) não ficou popular e quais as intenções dele de aprovar uma lei tão polêmica nesse período.

    É uma medida necessãria, mas que reitera que as políticas públicas não são implementadas dentro de um contexto socio-economicos.

    obs: ficou grande pra pqp
    obs-2: preferi omitir sobre preju do setor
    obs-3: Tenho amigos que não sobreviveram a acidentes por causa do álcool e também alguns que sobreviveram, mas ficaram paraplégicos ou tetraplégicos.

  8. Ai, me crucifiquem, mas eu sou favorável a essa lei.

    Com alguns PORÉNS:

    Acho um absurdo implantarem essa lei sem antes rever os preços abusivos dos táxis e sem repensar o transporte público noturno.

  9. De resto… Eu nem ligo. Não tenho carta, não sei dirigir… Sempre pego carona (com bebuns, geralmente) ou vou andando pra casa. Sim, de madrugada atravesso bairros, eu sou louca, tá, tá.

  10. Pois é, esses pontos já foram destacados no comentário do Frank. Mas o que pega é o fato de ter uma punição que mancha a ficha da pessoa, tanto quanto se ela assaltasse um banco.

    Um cara que toma 2 chopps se fode da mesma forma que um cara que tomou um engradado. Você acha justo?

    Enfim, boa sorte nas suas peregrinações madrugada adentro. hahahahaha

    Beijo!

  11. Essa lei é exagerada sim.
    Ta acabando com a alegria dos bebedores de plantão, que tem um pouco de consciencia e sabem seu limite.

    P.S. Poxa, o aprendiz de cafa é um gatinho!!!
    Ah, vc tb é… bjks

  12. haha
    Muito obrigado pelo comentário e pelo elogio, Fernanda!
    O aprendiz de Cafa também agradece! 😉

    bjos!

  13. O bafômetro apresenta um certo erro, segundo testes do INMETRO o ideal seria dar um desconto no mínimo de 0.1. Entretanto a lei é bem clara “ZERO”, o que é impraticável. Do modo como esta o simples fato de dirigir constitui contravenção. Não existe regulamentação alguma para essa “estoria” de 0.1, é tudo mentira do governo. Mesmo quem nunca bebeu na vida se parado corre o risco de ser multado, ter sua carteira cassada e o carro apreendido. É por esta razão que a imensa maioria dos paises que fazem uso do bafômetro, utilizam uma tolerância mínima mesmo que esta seja muito baixa. “ZERO” só nos paises árabes, onde nem se usa bafômetro, pois por questões religiosas é proibida a fabricação e comercialização de bebidas alcoólicas. As pessoas antes de manifestar suas opiniões muitas vezes de forma preconceituosa deviam se inteirar mais, buscar a verdade dos fatos e o impacto das medidas em suas vidas. Queremos poder voltar a dirigir sossegados sem correr o risco de sermos coagidos pela policia. Para que isto ocorra este limite deve constar no texto da lei. Ou vocês preferem seguir o conselho do ministro Leitão e contar com o bom senso dos policiais ?
    Peço a todos que entrem nos links abaixo e tirem suas próprias conclusões a este respeito
    1)Vejam o documento original da lei 11707 no site da casa civil, link abaixo:
    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11705.htm
    2)Tabela com a concentração limite de álcool para diversos paises do mundo:
    http://www.icap.org/PolicyIssues/DrinkingandDriving/BACTable/tabid/199/Default.aspx
    3)Detran do Rio Grande do Sul sobre a inexistente regulamentação:
    http://www.detran.rs.gov.br/clipping_sites/julho2008/02.htm
    4)Segundo a OAB lei favorece os criminosos do trânsito:
    http://www.oab-ba.org.br/novo/Template.asp?nivel=000100020002&identidade=94&noticiaid=5330
    Quem fez a lei agiu de forma irresponsável arriscando todos os motoristas a punição mas deixando de fora os bandidos e assassinos do trânsito. Esta lei é em todos os sentidos inferior a outra. E então ainda parece tão justa? Solução para todos nós “não usar o carro senão ele será apreendido”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: