Alta Fidelidade: Top 5 músicas de bebedeira!

Caros leitores,

 

O Botequeiros United Club, em associação com os Aspones e com Eu, Eu Mesmo e Irene, irá apresentar as 5 melhores músicas de bebedeira. Como vocês devem já ter percebido, eu não sou muito fã de “It´s Britney, bitch”, então a seleção é, digamos, metaaaaal! Mentira, porque eu gosto de Michael “Little Yummy Children” Jackson, mas ele não está nesta lista. A lista é de rock, mas se quiserem complementar, be my guest!

Então confiram, comentem e opinem: sugestões são bem vindas e críticas… Bem, para críticas, liguem no nosso SAC, digitem 2, 5, 9, 8, 7, 22, 32675 e aguardem o fim da gravação.

 

5. Alabama Song – The Doors

“Well, show me the way

To the next whiskey bar

Oh, don’t ask why

Oh, don’t ask why”.

 

O resto da letra, você encontra aqui.

 

Ouça um trecho do Alabama Song

 

Jim Morrison, se estivesse vivo (ou se nós soubéssemos fazer uma mesa branca), escreveria para o nosso Contos do Bebum. Essa música, que foi escrita pelo poeta Bertolt Brecht, é um pouco melancólica, analisando profundamente. Se formos comparar, parece um texto do Bukowski, um hino a bebedeira. Não é da bebedeira boa e sim aquela terminal. Despedida em Las Vegas, tá ligado? Porém, é uma música divertida, parece até uma polka, para beber e brindar.

 

4. Too drunk to fuck – Dead Kennedies

“And now I got diarrhea

Too drunk to fuck

Yeah, Yeah

Yeah, Yeah

Yeah, Yeah

Oooohhh”.

 

O resto da letra, você encontra aqui.

 

Ouça um trecho de Too Drunk to fuck

 

Podreira! Punk rock no talo e serve para vocês, machões, que enchem a cara, não pegam ninguém e para compensar, começam a brigar. E o pior, acordam com as calças cheias. Muitos não entendem a ironia da música, porém é isso que eu gosto no Biafra: para meio entendedor, uma palavra basta! Para pular na galera e beber cerveja, que pode ser da pior qualidade mesmo.

 

3. Eu não bebo mais – Matanza

“Há muito tempo eu chego em casa muito mal

Sem saber direito o que aconteceu

Eu parei, eu jurei pra minha mulher

O problema é que ela bebe mais que eu”.

 

O resto da letra, você encontra aqui

 

Clique aqui para o link da música no radio uol

 

Matanza é o criador das melhores músicas de bebedeira. Essa eu gosto mais ainda porque tira o lado machista de que só homem bebe! Essa é pra você que acorda pelado em um canto da casa, com dores no corpo, maquiagem borrada (isso vale para os homens também) sem saber o que fez e decidido a parar de beber. Sua promessa dura até as 15 horas do domingo, quando você já está com uma cerveja na mão e quando percebe, dá uma de Homer: D’oh!

 

2. A Praiera – Chico Science e Nação Zumbi

“E na praia é que se vê, a areia melhor pra deitar

Vou dançar uma ciranda pra beber

Uma cerveja antes do almoço é muito bom, pra ficar pensando

melhor”.

 

O resto da letra, você encontra aqui

 

Ouça um trecho de A Praiera

 

Finado Chico sabia beber. Era o famoso bebum de feijoada, aquele que toma uma cervejinha, uma caipirinha, um torresminho e sai numa boa. O que é mais legal nessa música é que ela é fina, para pessoas que saboreiam uma bebida e não ficam enchendo o caneco e dando basfond por aí. Boa para uma tarde de domingo, com a galera e família se preparando para o almoço, naquelas conversas sem fim que são as melhores do mundo.

 

1. Rehab – Amy Winehouse

“I don’t ever want to drink again

I just, ooh, I just need a friend

I’m not going to spend ten weeks

And have everyone think I’m on the mend”.

 

O resto da letra, você encontra aqui

 

Ouça um trecho de Rehab

 

Amy Winehouse é o Keith Richards de saia e cabelão. Ela é suja, drogada e prostituída, mas tem A voz. Esse hit do verão passado é bem fim da noite, com você cantando para o garçom, que é praticamente um terapeuta de alcoólatras. Essa é para a mulher largada, que fica com a cinza do cigarro até o topo e depois derruba tudo na saia, aquela que levou o pé do cara mais sem-vergonha do mundo mas está lá, bebendo para esquecer. Não, eu não sou assim, mas tenho uma amiga que é, sabe?

 

E essa é mais uma lista de top 5 do Botequeiros. Acompanhem nossa programação e saibam mais sobre bebidas, mulheres e dinheiro. Aqui é praticamente a Revista VIP.

Poxa, preciso de um texto mais feminino… Mulheres, may day!! Se vocês tiverem uma sugestão, avisem, ok?

 

Um beijo, um queijo e boa noite Brasil!

Anúncios

About Pri

Natural de São Paulo e naturalmente morena, Priscilla Maria Da Graça Guxa Meneguel queria ser escritora, mas foi ser publicitária porque precisava pagar o aluguel. Abandonou a vida hippie e agora usa calça social. Ela bebe para esquecer e esquece quando bebe. Quando lembra, escreve para o botequeiros. Apesar de agora ser uma yuppie capitalista, ela se esconde e vai ler "A História da Riqueza dos Homens" ao som de Jeffersons Airplane, acreditando que um dia o mundo vai ser melhor, sem mover uma palha óbvio, pois ela acredita na força do pensamento. Ela entorta colheres aos fins de semana...

Posted on 16/05/2008, in Birra, Contos do pau d´água and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 3 comentários.

  1. A praiera ganha de todassss!!!! hueheuheheh
    simplesmente porque… uma cerveja antes do almoço é muito bom, pra ficar pensando melhor!!!

    To pensando melhor é no juca moçada!!! vai ter breja antes, durante e depois do almoço!!! Isso se lembrarmos de almoçar né!!! iiihiii
    Abraço, e parabéns pelo blog!!!

  2. Muito legal o blog.
    Continuem com esse trabalho que ajuda a turma não descolada a encontrar um lugar adequado para ir.

    Maria José

  3. Adorei seu blog. Gostei da sua autodescrição. Vou add nos favoritos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: